Que o Jalapão é um lugar para se encantar com as maravilhas da natureza não é novidade para os amantes do ecoturismo. Porém também pode ser um lugar para se aventurar em esportes radicais como rafting. 

História do Rafting no Tocantins

Em meados de 2000, o rafting surgiu com a empresa 4 Elementos, originária de São Paulo que atendia um público essencialmente paulista no Jalapão. A presença da empresa de rafting começou a potencializar e incentivar o conceito do desporto e iniciou o interesse de alguns jovens se tornarem guias de rafting no Estado.

Andrey Carneiro, Danilo Curado e Murilo Klebis foram os pioneiros em 2002 quando viajaram para Foz do Iguaçu – PR e realizaram um curso de rafting com Massimo Desiati. Ficaram tão apaixonados pelo esporte que Murilo e Danilo compraram todos os equipamentos necessários para a experiência e abrir uma empresa de rafting no Tocantins, mas por motivos pessoais não conseguiram levar o projeto adiante.

Hoje proprietário da empresa Cerrado Rupestre, Andrey morou em Brotas e se tornou o primeiro guia de rafting tocantinense que trabalhou com a atividade no Estado, trabalhando na expedição da 4 Elementos no Jalapão. 

Rafting no Jalapão

Considerado um dos cinco melhores passeios de rafting, o ambiente é cercado de incríveis paisagens e com a emoção de percorrer as corredeiras, onde o grupo percorre e leva muita emoção na bagagem de volta. 

Rafting Rio Novo Jalapão

O rafting na Cachoeira da Velha no Rio Novo é uma ótima opção para quem gosta de aventuras radicais e deseja conhecer a emoção de remar nas águas do Jalapão. 

O rafting no Rio Novo é muito encantador visto que para saciar a sede basta tomar a água do próprio rio e ainda existe a possibilidade de se refrescar na queda d’água da Cachoeira da Velha. 

Geralmente é possível realizar essa aventura entre 20 de abril e 20 de novembro, porém as datas podem sofrer alterações devido às condições climáticas. 

Rafting Rio Sono

No Rio Sono, em São Felix, o rafting é contemplativo voltado para as pessoas que querem relaxar nas águas do Jalapão e apreciar a beleza da natureza. O nível é considerado leve em todas as corredeiras do percurso, sendo possível apreciar as flores, pássaros e a mata ciliar em contraste com o cerrado baixo do Jalapão. 

No total são 12 km percorridos em 2h30 de descida de classe II, indicada para iniciantes, mesmo sem experiência, porém com condicionamento físico mínimo e essa aventura fica disponível durante todo o ano. 

O Rafting como Agente de Desenvolvimento e de Valorização Cultural

O rafting no Jalapão vem beneficiando toda a comunidade através da cadeia de turismo da cidade, aumentando o tempo de permanência e de gasto médio do visitante no município.

Além de utilizar a mão de obra local, gerando emprego e renda para as pessoas dos locais. Em todos os momentos de alimentação são oferecidos produtos locais para incentivar a produção e o comércio local. 

O rafting como agente de desenvolvimento atua como instrumento para transformação do turismo como peça de desenvolvimento social e valorização da cultura.

Fotos de Rafting no Jalapão

Separamos algumas fotos para aumentar ainda mais a vontade de vivenciar uma aventura nas águas do Jalapão: 

O que fazer no Jalapão

Entre dunas, fervedouros, cachoeiras e rios, o Jalapão pode oferecer muitas vivências incríveis e que com certeza será uma viagem que ficará para sempre registrada na memória com aquele gostinho de “quero mais”.

Se você gostaria de saber mais sobre o que fazer no Jalapão, separamos um conteúdo incrível para você sobre O Que Fazer No Jalapão

Venha até Jalapão e não deixe de conhecer tudo o que o Parque Estadual tem a oferecer. Desde incríveis paisagens naturais até um passeio radical de rafting. 

Siga-nos nas redes sociais e não deixe de acompanhar tudo o que acontece no Jalapão!